Série 268 - Conta corrente de documentos

Documentos de receita e despesa da capela do ano de 1931 Documentos de receita e despesa da capela do ano de 1932 Documentos de receita e despesa da capela do ano de 1933 Receita e despesa - documentos da Capela 1934 Receita e despesa da Capela 1935 Receita e despesa da Capela 1936 Receita e despesa da Capela 1937 Receita e despesa da Capela 1938 Documentos 1939 - Capela Documentos 1940 - Capela Documentos do Santuário - Ano de 1940 1941 - Santuário - Documentos de receita e despesa Santuário - 1942 Santuário - 1943 Documentos - 1944 - Santuário 1945 - Santuário Santuário - Documentos - receita e despesa de 1946 Santuário - Documentos - 1947 Santuário - 1948

Zona de identificação

Código de referência

PT/AMOA/APRIV/CMS/CMLS/CPL/268

Título

Conta corrente de documentos

Data(s)

  • 1931-03-08 - 1948-07-28 (Produção)

Nível de descrição

Série

Dimensão e suporte

Zona do contexto

Nome do produtor

(1931-2000)

História administrativa

A Comissão de Melhoramentos de La Salette iniciou a sua atividade no dia 6 de março de 1931. Uma vez destituída a Comissão Patriótica Oliveirense, em 10 de fevereiro de 1931, cabe a esta comissão continuar a orientar e a zelar pelo Parque de La Salette.
As pessoas que ficaram à frente desta função como o Dr. Artur Correia Barbosa, o Comendador António Rodrigues de Oliveira e António Barbosa Tavares, continuaram com o seu esforço para que as obras fossem concluídas, principalmente a nova capela.
Assim se manteve este propósito ao longo das sucessivas Comissões de Melhoramentos de La Salette que, ao longo de 80 anos, executaram inúmeras obras e melhoramentos.
O Cruzeiro de Independência, iniciativa da Juventude Católica Feminina, teve o apoio da Comissão, que não só disponibilizou o local mais adequado como contribuiu para a sua realização (1940); o escadório do Parque de La Salette, com planta do Arqtº Ernesto Campos Martins (1946); o parque de campismo (1941); o parque infantil e biblioteca, um projeto do Arqtº Gaspar Domingues (1966), entre outras.
Com a comparticipação da câmara, junta de freguesia e serviços municipalizados, o parque foi equipado com candeeiros de coluna e distribuição de energia toda subterrânea, e o Miradouro António Tavares foi equipado com bancos. Nas colunas do gradeamento deste miradouro foram colocados 19 painéis em azulejo alusivos às 19 freguesias do concelho. Também foram colocados painéis de azulejo à volta do coreto com motivos do parque, e plantadas dezenas de árvores e arbustos para substituir as que iam morrendo. Manteve-se a organização das festas em honra de N.ª S.ª de La Salette, tendo vindo até Oliveira de Azeméis as melhores bandas regimentais do país.

História do arquivo

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Zona das notas

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Assuntos

Pontos de acesso - Locais

Pontos de acesso - Nomes

Pontos de acesso de género

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Mínimo

Datas de criação, revisão, eliminação

Línguas e escritas

  • português

Script(s)

Fontes

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Géneros relacionados

Locais relacionados